Sites Grátis no Comunidades.net
Enquete
Oque acham do site ?
Mais ou menos
Bom
Muito bom
Otimo
muito ruim
orrivel
mega super ruim
um pouco ruim
Ver Resultados

  • Currently 2.52/5

Rating: 2.5/5 (531 votos)




ONLINE
1






Total de visitas: 715836
Postagens 01
Postagens 01

 

 
 
Sou como o toque da brisa que afaga gentilmente. Como uma gruta cheia de graça e uma beleza interior de deixar atônito. Sou tão explosiva quanto um sorriso de realização. Posso ser também como um dia de domingo. Estranho ou tedioso. Tenho pensamentos que vão e vem como ondas em dia de maresia. Gosto de abraços apertados, de beijos na testa, na mão. Gosto de cafuné, de amor, de romance. Gosto de mãos que se encaixam. Gosto da explosão de sentimentos que um beijo pode provocar. Gosto de olhos que se encontram e se namoram longamente. Gosto do efeito da saudade saciada. Gosto de jogar conversa fora e perder a noção do tempo. Gosto de palavras ternas e sinceras. Gosto dos sorrisos que encharcam a alma de felicidade. Gosto do convencional, mas confesso que o atípico me atrai. Gosto das letras de músicas que me traduzem. Gosto do céu, da lua, e das estrelas. De como um completa o outro. Mas não são definições, pois ninguém pode ser delimitado, pois estamos em mudanças constantes. Quando a gente se define não deixa que boas mudanças ocorram.

 
Marcela F.
 
 

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Recordando.

 
 
Hoje me lembrei.
 Lembrei-me daquela carta que lhe escrevi.
E jamais me esqueci da sua cara de surpresa.
Ao ver declarado ali todo o meu amor.
E tão logo senti uma profunda tristeza.
Daquelas que tira toda a leveza da alma.
Pois não pôde ficar ao seu lado.
Porque ainda estava presa ao passado.
Então com o olhar eloqüente lhe disse:
 - “Viva o seu passado, que vou viver o meu presente.”
E você, com ar de “sinto muito”, me disse:
 - “Adeus, até um dia e me perdoe.”
E eu pensando comigo sussurrei baixinho “espero que não se magoe”.
Naquele dia tudo ficou escuro.
E me senti perdido, disse adeus e fui-me embora.
Meu Deus o que farei agora?!
Estava perdido em mim mesmo por não poder amar.
 E novamente tive que me reencontrar. Continuar.
Mas hoje recordando desse dia percebi.
Foi uma lição que aprendi.
E nem tudo são flores, nem tudo dá certo.
Nem mesmo os amores...
Hoje vejo que tudo é incerto.
 
Marcela F.
 
 
 
 

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Entrelaçados pela Paixão!

 
Olhos que se devoram
Corpos que se entrelaçam e se amassam.
 E que provocam perdição.
Mãos que escorregam sobre a pele, e desencadeiam arrepios.
Bocas que se encaixam e se tocam intensamente.
Palavras doces ou mais “apimentadas” cantadas que navegam sobre o ar.
E ficam na mente.
Sussurros, silêncio... Barulhos.
Essa é a expressão mais intensa e profunda entre os apaixonados.
Dois corpos em um só.
 Dois corações batendo rapidamente pelo mesmo motivo.
Amantes que não se cansam de se amar!
Eis aqui A PAIXÃO gerando desejos e fazendo de cada toque algo INESQUECÍVEL!
 


 

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Tudo é válido, nada é em vão e tudo passa.

 
Na vida tudo é válido: 
Beijo roubado;
Amor esquecido;
Dinheiro gasto;
Perfume quebrado.
Na vida tudo vale à pena:
Noite serena;
Dias corridos;
Amigos em cena.
Na vida os caminhos sempre nos levam pra algum lugar,
Nunca a lugar algum...
Todos os detalhes de uma vida valem à pena.
Distâncias, saudades, amores, amizades, lágrimas, sorrisos, poesia.
Ah! A vida por si só já é uma linda poesia, só depende de como a gente entende e a sente.
Na vida nada é em vão:
As quedas, o arranhão;
Excessos de NÃO;
Apertos de mão;
 Lagrimas caídas no chão;
Desilusão,  frustração.
Nada... Nada é em vão...
Na vida tudo passa:
A tristeza passa;
A paixão passa;
A vergonha passa;
A raiva passa;
A chuva passa;
A vida passa.
O que não passa é o que ficou dentro da alma.
O resto passa, sempre passa... passa...Passou.
 
 
Marcela F.
 

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Ai esse meu coração.

 
 
Coração!
Como pode ser assim insolente!
Quer-se me deixa correr atrás.
Não prendá-me.
Não faça drama, porque drama não resolve!
Deixa-me tentar ser feliz.
Eu sei que queres isso, eu sei que pulsas pra isso!
Ser insolente não vai ser de grande utilidade!
Por que escolhes quem não podes?!
Com tantas pessoas nesse mundo.
Por que não gostas de quem gosta de você?!
Coração tem que seres amado e não somente amares.
Por que não escolhes quem te dá as mãos?!
Quem lhe entrega também o coração?!
Entregar-se deve ser recíproco.
Por quê?
Sofrerás sempre desse jeito.
Mas eu sei, não mando em você.
Não escolho por você.
Mas eu SINTO COM VOCÊ!
Então tomemos cuidado, mesmo que cuidado não seja garantia de não SOFRER!
Marcela F.

 
 

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Um dia ela esperou demais.

 

Esperou pacientemente por suas palavras, por seus gestos de carinhos.
Uma única demonstração de afeto, ao invés disso, recebeu apenas o silêncio e a amargura de suas frustrações.
Como todos sabem, esperar cansa. E ela se cansou de esperar que ele a perceba, e que venha lhe dizer que sente ternura por ela. 
Ela esperou se cansou e não é que ela tenha desistido dele, ela apenas deixou que ele seguisse sua vida sem ela. E mesmo que ele esteja longe, invade seus sonhos e a deixa perturbada. 
Contudo, ela deseja todos os dias que ele seja MUITO FELIZ.  Mesmo que em silêncio. Mesmo que ele não saiba. Ela sempre estará torcendo pra que ele encontre pessoas boas e que o faça muito feliz.
Ela, em silêncio, o adora, ora por ele.
Ela sempre o terá em seu coração, pode se passar anos. Mas o lugar dele estará sempre lá.
Ela estará sempre ao seu lado, em segredo. Sem ninguém se quer notar.
Mas no fundo, ele sabe. ELA ESTÁ AO SEU LADO, SEMPRE!
Na verdade ela ainda espera algo dele, que se um dia ele precisar dela que a procure e não hesite fazer isso. 
É a única coisa que ela ainda ESPERA dele...


Marcela F.
 

 

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

 

O tempo passa tão depressa.
Apresso-me os passos, largos passos os meus.
Tentando acompanhar esse ritmo louco da vida, do mundo.
Um mundo cheio de coisas maravilhosas a serem apreciados.
Uma vida cheia de surpresas, amargas e doces.
Tempo esse que não vai me esperar, não vai esperar eu estar pronta.
Ele simplesmente voa muito rápido, e eu não posso alcançá-lo.
Por isso cabe a somente a mim fazer tudo que tenho vontade, pois esse tempo que é tão apressado e tão ansioso não me aguarda. Ele não vai voltar e nem vai me esperar criar coragem.
Ele pode ser meu amigo, mas também um inimigo bem afobado!
Cada minuto é precioso demais pra eu perder com bobagens, com coisas à toa.
Quero vivê-los, pois sei que o tempo não volta... ;)
Quero aproveitar o tempo para amar, cantar, pular, me apaixonar, fazer amizades, trabalhar, dançar,encantar e me encantar, agradecer a DEUS. Enfim, quero esse MEU tempo, essa MINHA vida nesse mundo louco: VIVER! VIVER!VIVER!
 
Marcela F.